CUIDAR-SE

Prof. Henrique Pagnoncelli
Parapsicólogo clínico
Blumenau/SC

Estamos vivendo, como humanidade, um momento desafiador. O mundo todo e todo mundo somos convidados a parar. Isto é, parar para cuidar de si. Vivíamos de forma frenética, alucinada, ansiosa, com o piloto automático ligado. Vale dizer, sem consciência. Viver sem consciência, competindo com os outros, destruindo o planeta, com a mente focada no mundo externo, para garantir a sobrevivência.

Com isso provocamos um desequilibro de troca com o verdadeiro sentido da vida. Tomar consciência, dar-nos conta que podemos viver a vida de forma mais humana e de forma sagrada. “Ama teu próximo como a ti mesmo”. O amor próprio se dá a partir do autoconhecimento. Se não me conheço, não tenho condições de conhecer aos outros. Consequentemente os vejo como uma ameaça. Aí tenho medo e quero me defender e busco eliminá-los. Assim surgem os conflitos e as guerras.

Lembrando Gandhi “O amor de um único ser, neutraliza o ódio de milhões de seres”.

Fé sim, medo não. Fé, amor e esperança que você alimentar neutralizará milhões de medos, de ódio e desesperança.

É um momento de olhar para dentro de si. Como estou vivendo minha vida? Como estou cuidando de minha primeira casa, o corpo? Tudo se manifesta por meio do nosso corpo. Cuidar do corpo, da mente e do espírito. Isso é saúde. Como estou cuidando da segunda casa, isto é, onde eu moro, minha habitação? E como estou cuidando do Planeta, nossa casa comum? Portanto, não existe lá fora. Estamos dentro de tudo isso. Estamos inseridos e conectados. Somos conexões. Tudo o que se faz se faz para si e para os outros. Também não há o outro. Somos todos um. Somos uma unidade.

Estamos vivendo nosso propósito? Nosso propósito é o amor, a felicidade. Vivamos o amor! O resultado virá, que é neutralizar o ódio, os medos e o desespero.

Portanto, é momento de mudança, de crescimento e de ampliar a consciência. Estamos adentrando numa nova Era. Uma Era que nos conduz a elevar nossa frequência. Até aqui vibramos numa frequência baixa: medos, raiva, mágoas, egoísmo, desentendimentos, competição, inveja. O convite é para dar um SALTO QUÂNTICO, sair de um estágio para iniciar em outro. Isso é RENASCIMENTO. Estamos numa transição, estamos na preparação da Páscoa, nesse momento a espera de uma nova Páscoa. Uma verdadeira metamorfose. Ninguém vira borboleta sem passar pelo casulo. Essa passagem é necessária para viver uma nova vida.

Nossos avós, nossos pais, nosso ancestrais enfim, tinham medo dos animais grandes (onças, tigres, leões, serpentes). Era o medo de morrer. Graças a esse medo, se preservaram, viveram e nos deram a vida. Um dos lugares para se preservar, era se trancarem dentro de casa, nas cabanas, nas ocas. Naquelas circunstâncias e com aqueles cuidados, diante do medo, fez com que nós estejamos aqui, pois a vida foi preservada. A eles nossa gratidão!

Agora, na atual circunstância, o animal é invisível, mas real. Mas o medo está ficando grande. E também aqui é o medo de morrer. Então, sabemos como nos preservar, ficando dentro de casa. É esta a orientação das autoridades sanitárias. Ficar em casa, nos preservando desse bichinho que sorrateiramente podemos, por falta de cuidados, trazê-lo para dentro da casa e se hospedar dentro de nós. Vamos evitar isso. Cuidar de si, cuidar da sua família cuidar de todos. Não é um leão, mas é insaciável. Está ceifando milhares de vidas. Vale reforçar, a frequência do medo é densa e pesada. A do amor é leve e nos eleva, nos torna serenos. O convite é mudar, elevar a frequência do Planeta.

Isso se dá a partir de cada um, em casa, retirados, cooperar para vibrar na frequência daquilo que queremos daqui para frente. Para o que está acontecendo, estamos sendo muito bem orientados.

O mundo está conectado muito mais do que parece. Esta pandemia propagou-se velozmente pelo planeta. E um mundo cheio de separações e disputas bélicas e fratricidas, apegado exageradamente ao material, é conclamado a se unificar, a dialogar para se salvar e dar um sentido humanitário e espiritual para o viver.

Convido a todos, para neste momento, unidos, mudarmos a força do campo já instalada em nosso meio para uma frequência maior, uma frequência onde todos nos conectamos com o que desejamos que aconteça: A Cura, a saúde, a paz, a tranquilidade, o amor em nossas vidas, o merecimento, novos valores, as conquistas de nosso sucesso e a conexão com a força maior, força que vem de dentro, que vem de Deus. Precisamos urgentemente mudar essa frequência, pois o planeta clama por isso. A mudança do padrão vibratório é que trará as respostas que buscamos: o verdadeiro SENTIDO da vida começa dentro de nós. Nós seres, humanos, temos o maior e o melhor meio de comunicação, a comunicação mental telepática inconsciente, equivale a aproximadamente 95% da nossa capacidade mental. É mais veloz que a pandemia, vamos focar no que desejamos alcançar neste momento de transformação. Muita luz, muitas bençãos e muita CURA INTERIOR, pois isso se expressa exterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.