Adolescência – sob a ótica do Sistema Grisa

A Valorização do Potencial dos Adolescentes

É indispensável valorizar o Potencial Psíquico, Moral, Emocional e Comportamental do Jovem, a fim de evitar que ele se deixe levar pela Lei do Menor Esforço, caindo na banalidade e na futilidade.

Observe que, no Brasil, a juventude, muitos adultos de hoje, sofreram três fortes influências:

▪ do formalismo aristocrático;

▪ do paternalismo educacional e religioso;

▪ da ditadura político-militar.

Como se sabe: a tendência natural dos seres humanos – sempre guiada pelo automatismo mecânico do subconsciente – é “ir de um extremo a outro”.

Por isso, muitos adultos de hoje, inclusive mestres da educação e de diferentes formas de orientação humana, foram induzidos a fazer o oposto:

▪ do formalismo aristocrático foram para a apregoada simplicidade e naturalidade – o que seria o ideal; contudo, na prática funcional, o que se viu florescer foi a banalidade e a vulgarização, quando não a ausência absoluta de gestos, atitudes e comportamentos de nobreza, de solidariedade, de colaboração, sumindo totalmente o encantamento dos atos e atitudes de grandeza e de sadia altevez;

▪ Do paternalismo educacional e religioso surge a quebra dos grilhões que pareciam impedir ao Ser Humano de ter iniciativa, liberdade para conquistar o seu próprio mundo, diferente do Universo dos antepassados; Vê-se a juventude cair na libertinagem, nos atos libertinos e em toda espécie de vulgaridade…

▪ Da ditadura político-militar, somando-se com a reação ao paternalismo e desejando conquistar liberdade para a iniciativa própria e criativa, vêem-se os jovens e também adultos descambarem para a desordem, o informalismo bagunçado e a desestruturação social e familiar.

Toda forma de autoridade passa a ser vista como autoritarismo, despreza-se qualquer tipo de hierarquia e de organização social; até mesmo nas empresas busca-se destruir o organograma funcional, como se ele representasse a rigidez militar…

Desprezam-se os valores mais preciosos do patriotismo, dos heróis da pátria, da organização social, da estrutura familiar, da organização religiosa, das normas morais e comportamentais…

Deixa-se de cantar os hinos patrióticos como se eles fossem frutos da ditadura militar e seus excessos

1 As Leis Cósmicas e o Jovem

As Leis Cósmicas, por integrarem os registros mais profundos e indeléveis do subconsciente, atuam automática e naturalmente na mente e na vida das pessoas e de forma especial nos jovens e adolescentes.

 

1.1  Lei Cósmica da Harmonia – Ordem e Disciplina

Por mais que os jovens pareçam insatisfeitos e rebeldes, contestadores e agressivos, sempre desejam encontrar a paz interior:

→ Vivendo na ordem, disciplina e organização;

→ Recebendo orientações claras e firmes, fundamentadas em normas e leis bem definidas;

→ Preferindo sempre a exigência à moleza, a cobrança firme à confusão…

 

1.2  Lei da Evolução – Trabalho e Dedicação

A Lei da Evolução é a lei cósmica que se relaciona de forma mais direta com os jovens e adolescentes.

A alegria da conquista e o sabor da vitória fazem brilhar os olhos juvenis.

A definição de um ideal é o elemento mais dinamizador da vida dos jovens…

Tenha seu ideal; do contrário, estará fadado a inércia, a estagnação e a morte.

Já afirmava eu – ao redigir o livro O Poder da Fé e a Paranormalidade – que “a qualidade de vida e a grandeza de uma pessoa é avaliada por uma só medida: pela grandeza de seu ideal e pelas crenças que lhe dão sustentação”.

▪ Pode-se afirmar e constatar que a adolescência é a fase da vida das pessoas que vem marcada pelas mais rápidas e surpreendentes aspectos evolutivos: físico-orgânicos, emocionais e comportamentais, em relação ao mundo das idéias e ao geográfico-espacial…

A adolescência é a fase dos sonhos de liberdade e de conquista, é a fase em que a pessoa precisa vencer as limitações da infância e conquistar o mundo dos adultos.

Porém, o princípio de sobrevivência do Ser único, o impele a ser diferente.

O Parapsicólogo Clínico do Sistema Grisa, como nenhum outro profissional, poderá saber tirar partido desses impulsos e tendências.

 

1.3  Lei Cósmica da Vibração – Competência e Honestidade

Todo adolescente e todo jovem aspira à vida em grupo e deseja ter amigos. E os alicerces deste relacionamento serão sempre a competência pessoal e a inquebrável honestidade, na busca dos objetivos propostos pelos diferentes grupos, esportivos, artísticos, culturais, religiosos… rumo ao ideal almejado pela pessoa ou pelo grupo.

 

2 Os Jovens e os Princípios Naturais de Sobrevivência

2.1Princípio Natural de Sobrevivência do Indivíduo – Paz e Competência

▪ Filhote humano domesticado e criança educada, tem-se adolescente e jovem para ser orientado.

Filosofia da Nona Grisa

“Quem não aprende com a cabeça de cima, aprende com a de baixo; e Deus fez a cabeça de baixo fofa e macia, para que arda mais não aleije.”

“Em filhos a gente bate na bunda, se sobrar riscos nas pernas não tem importância; porém, em filhos a gente não bate nas costas nem na cabeça; pois, em filhos a gente bate para educar e não para aleijar e muito menos para matar.”

Conclusão do Neto:

“Nas últimas décadas, não mais se bate para educar; porém, já se bate para aleijar e até mesmo para matar”.

→ A rígida educação do passado, por vezes era doída;

→ porém, a educação permissiva e frouxa do presente, aleija e destrói.

Todo jovem deseja a paz e a autoconfiança; porém, é preciso identificar os caminhos seguros para conquistá-las.

Ver também os passos na conquista da nobreza de caráter.

 

2.2 Principio Natural de Sobrevivência do Ser Único – Prestígio e Auto-valorização: Herói

Novamente se destaca a grande importância na escolha de um ideal e o selecionar dos ídolos, dos heróis da Pátria, os santos da religião, os exemplos dos grandes realizadores empresariais, os exemplos morais…

▪ Para despertar os grandes valores na alma juvenil, vale mais um herói idealizado – ver os heróis das tragédias gregas que dão suporte às grandes realizações da Grécia Antiga – do que personagens históricos banalizados pelo destaque dado a defeitos, cientificamente comprovados.

O futuro da Pátria e do Planeta é previsto, segundo os personagens e heróis que inflamam a alma, o coração e a mente das crianças e dos jovens de cada época…

A Insegurança diante do grupo desencadeia a necessidade de aparecer, destacar-se, de autoconfirmação.

É esta necessidade, que se faz terreno fértil, onde crescem as sementes que se fazem planos de vida: do Herói, do Bandido, do Santo, do Ditador, do Cientista, do Mestre, do Destruidor, do Salvador…

 

2.3 Princípios

a) Princípio Natural de Sobrevivência da Espécie – Socialização e Competências

▪ Pessoa alguma, menos ainda o jovem, sente-se bem, dentro de um grupo ou organização social – da família à escola, da igreja ao clube, da empresa ao partido político – se não perceber e sentir Útil e Valorizado.

É por suas habilidade e competências que irá sentir-se útil e valorizado…

 

b) Princípio Natural de Sobrevivência da Espécie – A Amizade e a Sexualidade, a Família e a Fraternidade…

▪ Por mais que os jovens se vangloriem de suas aventuras sexuais banais, suas fúteis e passageiras conquistas; sempre se orgulham da sólida estrutura familiar de seus pais e de seu clã, ou invejam dos colegas que a possuem.

▪ Enquanto o jovem ainda tem esperança na construção da vivência da organização familiar, observe na casa de que a família eles são levados a freqüentar..

▪ Mais do que a fruta que colhem no quintal eles se alimentam do suco da dedicação e do amor que fez a árvore crescer; mais do que a rosquinha ou o bolo que a mãe do Lucas ofereceu, eles se alimentam do clima de amizade, fraternidade e respeito que reina no ambiente, ainda que temperado por exigências bem definidas ou broncas firmemente transmitidas…

 

2.4 Princípio Natural de Sobrevivência da Biodiversidade – Solidariedade e Colaboração

▪ O jovem está sempre pronto, para efetivar gestos de solidariedade e colaboração, diante dos necessitados, pessoas, animais e plantas.

▪ Os jovens são facilmente motivados a socorrer as vítimas dos gafanhotos e ratos, destruidores de florestas, fauna e flora; e dos que extraem petróleo e outros minérios, cuspindo os elementos poluidores da atmosfera e estratosfera, desencadeando o Efeito Estufa.

▪ É fácil integrar os jovens em movimento ecológicos e de preservação do meio ambiente.

É possível reduzir a massa dos vagabundos e insatisfeitos e ampliar as marchas dos colaboradores, solitários e construtores, para a conquista de um Mundo Novo, abrindo Fronteiras de um Novo Tempo e com o despertar do novo Homo Sapiens Pangrisianus, livre da culpa e feito de Amor Ágape,

livre dos medos e condutor racional do subconsciente,

para ser gente e não robô,

vivendo a racionalidade e emoção positiva, superando a robotologia destrutiva,

deixando de ser bicho selvagem, para ser Filhos de Deus, de fato, não apenas de papo e de poesia, descobrindo os talentos e seres humanos, mil vezes mais capazes do que jamais sonharam.

 

Referências:

 

HEIDERSCHEIDT, Ilséte. Pais e filhos, filhos e pais. Florianópolis: Edipappi, 1998.

GRISA, Pedro A. O Jogo e a Estrutura das Personalidades. 6. Ed. Florianópolis: Edipappi, 2004.

HEIDERSCHEIDT, Ilséte. Fita K7 de Treinamento Mental H2: Adolescente Seguro e Confiante.

Posted in Textos e contextos.

One Comment

  1. Belo texto…parabéns…
    claro e instrutivo aos sábios, pois com a educação de crianças e adolescentes não se brinca…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *